Speed Racer (Speed Racer, 2008)

by

speedracer

Por Roberto Camargo

Corra Speed! Corra!

Primeiramente, peço perdão aos fãs da série original, pois nunca assisti a um episódio sequer do piloto e seu lendário Mach 5. O que pude fazer foram pesquisas sobre o famoso anime da década de 60, antes de escrever essa crítica. Logo, vou me ater a comentar o filme, sem muitas comparações com o desenho.

Os irmãos Wachowski, as mentes que nos entregaram Matrix (as duas sequências não são tão dignas de nota), retornaram às telonas com o longa Speed Racer. E junto ao filme, vieram novas abstrações de Larry e Andy. Para começar, o mundo das corridas idealizado pelos diretores é uma experiência psicodélica e surrealista. Cores quentes e vivas que parecem se movimentar dão o tom de velocidade. Os carros e pistas são totalmente inventivos – mas fiéis aos desenhos de Tatsuo Yoshida. As personagens são caricaturas, com destaque para o núcleo de humor, protagonizado pelo simpático Gorducho (o desconhecido Paulie Litt), irmão mais novo de Speed, e seu chimpanzé Chim Chim.

O figurino também ultrapassa a linha do real e parece ser muito forçado – tudo dentro do universo de Speed. Mas o maior diferencial da fita são os truques utilizados pelos diretores. Aí vai a receita: coloca-se um ator real em primeiro plano e o fundo da imagem é preenchido por conteúdo 2D. A manobra dos Wachowski é uma clara homenagem ao desenho original. Além disso, utilizam-se de um recurso pouco comum. Ao invés de fazer cortes na passagem de uma cena para outra, a transição é feita através do movimento do rosto em close de alguma personagem, arrastando consigo o próximo plano. Sim, é bastante confuso de se ler. Mas entenda como um tipo de encadeamento de imagens. Ou vá logo assistir ao filme!

A história – sim, ainda há uma história – começa na infância do protagonista, Speed Racer (sim, seu nome de verdade é Speed, interpretado por Emile Hirsch), quando seu irmão mais velho, Rex Racer (Scott Porter), é um grande piloto de corrida, arrojado e campeão. Após a morte do irmão, o filme salta para o futuro e mostra Speed numa jornada para se igualar a Rex. O rapaz mostra talento no volante aliado à coragem e instinto, o que fez com que vencesse uma corrida e despertasse o interesse de grandes escuderias.

A Royalton oferece ao jovem uma proposta tentadora, mas ele recusa, provando lealdade à montadora de seu pai (John Goodman), a Racers Motors. Contrariado, o dono da Royalton resolve provar que o mundo das corridas é, e sempre foi, uma grande armação, um verdadeiro jogo de bastidores. A partir daí, a missão de Speed é lutar contra as gigantes montadoras, vencer o Grand Prix e mostrar a todos que uma corrida se vence na pista e não nos bastidores.

O roteiro não é o grande trunfo da película. Diversas pistas durante a trama deixam claro seu desenlace. No entanto, o conjunto geral resulta num bom filme. No elenco, nota para Susan Sarandon, como a mãe do herói, e Christina Ricci, como Trixie, a namorada do rapaz. E curiosidade para os brasileiros: a Petrobrás faz uma ponta no longa!  

Speed Racer é por vezes engraçado, futurista ou emocionante, mas sempre simpático. Um programa para toda a família, além, é claro, para amantes do entretenimento – como eu.

Direção: Larry e Andy Wachowski
Gênero: Ação/Comédia/Esporte
Duração: 135 minutos
Elenco: Emile Hirsch, Susan Sarandon, John Goodman, Christina Ricci, Matthew Fox, Scott Porter, Roger Allam, Richard Roundtree.

Siga as principais novidades do Movie For Dummies também no twitter. Clique aqui!

Anúncios

Tags: , , , , , , , , , ,

7 Respostas to “Speed Racer (Speed Racer, 2008)”

  1. Bruno Pongas Says:

    Caaaara, como vc NUNCA assistiu ao desenho??? É genial!!! Mesmo sendo da década de 60 marcou a infância de muita gente – especialmente dos meninos. Quanto ao filme, confesso que nunca assisti, mas pelo que já li por ai parece ser bom e divertido… E vem cá, mesmo com 135 minutos o filme não fica maçante? Porque as animações geralmente costumam a ser mais curtas…

    Enfim, sempre bom ter críticas do Robertão da D por aqui =D

  2. Bruno Pongas Says:

    Nossa… agora que eu vi que tem o Jack do Lost no elenco! hahahaha que beleza!

  3. Leka Marcondes Says:

    E tem o Emile Hirsch, do Na Natureza Selvagem!! Nada mal o elenco, hein?
    E certeza que colocar a Petrobrás no filme foi sacada do Lula, em seu jogo de marketeiro. hahaha

    Nunca vi Speed Racer também. E só respeito as continuações de Matrix porque descobri que a história tem um sentido nas aulas do Salinas.

  4. christianjafas Says:

    Bruno,

    gostei mais da sua crítica do que do filme …

    Claro que é para ser divertido. Claro que é só entretenimento.

    Mas depois de X-Man … bom, ficou provado que é possível fazer entretenimento com um pouquinho de algo mais.

    As diversas pistas de corrida me deram uma canseira.

    O filme podia ser melhor, mesmo para uma simples diversão.

    E a Christina Ricci é o ponto alto de Speed Racer!!!

    Um abraço,

    Christian

    http://www.christianjafas.wordpress.com

  5. Leka Marcondes Says:

    Por que raios todo mundo acha que o blog é só do Bruno, sendo que o post tá ASSINADO como Roberto Camargo, e tem um COMENTÁRIO do Bruno?

    Christian, o Bruno é o Bruno, este post é do ROBERTO.

Comente!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: